ID 360 - 28 e 29 de setembro!

Eleições 2010: Pesquisa em sites de candidatos ao Governo de Minas

2 comentários
Nesta terça-feira, 24 de agosto de 2010, por volta das 22h, entrei em contato com todos os candidatos ao governo de Minas (exceto Edilson Nascimento, que não tem presença online, e Pepê, que além de não ter presença online, está com sua candidatura indeferida até então) para realizar uma rápida entrevista com perguntas relacionadas a webmarketing político nas eleições 2010. As entrevistas poderão gerar posts para o blog e também uma matéria para a próxima edição da Revista PQN.

Para medir o tempo de resposta de cada equipe de campanha, acompanhe as atualizações neste mesmo post durante a semana. Obviamente, esperei um prazo de 48 horas para publicar, já que aqueles que receberam minha mensagem poderiam entrar no blog para conferir, respondendo mais rápido ao saber que o contato em si faz parte de uma pesquisa. Confira abaixo a mensagem enviada:

"Prezada equipe do candidato, farei uma matéria para a próxima edição da revista PQN sobre webmarketing político (www.pqn.com.br) e queria o contato de alguém responsável pela presença online da candidatura para uma rápida entrevista por e-mail. Parte da entrevista também poderá ser publicada no blog Mercado Web Minas (www.mercadowebminas.com.br)."

Antônio Anastasia - mensagem enviada pelo Fale Conosco em formulário próprio no site oficial.
Fabinho - mensagem postada como comentário no post de 12/08/2010 em seu blog oficial, já que o blog não disponibiliza e-mail de contato.
Hélio Costa - mensagem enviada pelo Contato em formulário próprio no site oficial.
Luiz Carlos - mensagem enviada por e-mail divulgado no blog do candidato.
Vanessa Portugal - mensagem enviada por e-mail divulgado no blog da candidata.
Zé Fernando - mensagem enviada pelo Fale com o Zé em formulário próprio no site oficial.

Fale Conosco
Dos candidatos com formulário no próprio site, o do Anastasia me pareceu mais prático, pois me pede só nome, email, cidade e mensagem (apesar de o link para se chegar a ele ter o não-usual nome de "relacionamento"). O formulário de Hélio Costa pede, além dos mesmos dados, o celular e o cep. Achei o link de contato um pouco escondido, somente no rodapé da página e não no cabeçalho. Já o formulário do Zé Fernando foi o mais demorado de preencher. Pede endereço completo, sexo, idade e telefone. Inclusive, cep é campo obrigatório. Os blogs de Vanessa Portugal e Luiz Carlos têm como interação os comentários, a possibilidade de compartilhar os posts nas redes sociais e a divulgação dos emails de campanha. Já o blog de Fabinho não divulga e-mail de contato.

Vamos aguardar os retornos... 

----------


UPDATE 25/08: A única que resposta que tive até agora foi da jornalista Ana Clara Ferrari, da equipe da Vanessa Portugal (PSTU). O primeiro contato foi feito meia hora depois do envio das perguntas. As respostas vieram já no dia seguinte, sempre com muita atenção. 

UPDATE 30/08: A agência Yap, responsável pela presença online do candidato Zé Fernando, entrou em contato comigo. mandei as perguntas pra eles e aguardo resposta. 

UPDATE 01/09: As respostas vieram nesta data.

UPDATE 14/09: Vários e-mails, twittadas e telefonemas depois, além de passar por quatro jornalistas diferentes, neste dia veio uma resposta: "O setor responsável pela Web afirma que não poderá responder agora, pois a maioria das informações são (sic) estratégicas." Enquanto isso, a campanha enchia minha caixa de spams quase diariamente. No mesmo dia enviei a mensagem: "Haveria possibilidade então de responder à minoria das perguntas? As que não são consideradas estratégicas?" E veio a seguinte resposta: "Hélio Costa gosta muito do twitter. É comum vê-lo twittando num evento. No avião, ele também aproveita para escrever mensagens." Que bonitinho! Ele só não interage com os eleitores, né ;-(

UPDATE 29/09:A equipe mais difícil de colher informações, sem sombra de dúvidas, foi a de Antônio Anastasia. Passei por nada menos que dez pessoas diferentes envolvidas na campanha. Cobrando um retorno quase que diariamente por email, twitter, telefone e até presencialmente, a resposta era sempre a mesma: "Ainda não temos resposta...". Só no Fale Conosco do site foram deixadas três mensagens, todas sem resposta. Talvez a campanha ache que deixar 10 pessoas balançando bandeiras na rua renda mais votos do que dois ou três profissionais de comunicação respondendo mensagens dos eleitores na internet. O resultado é que neste dia veio uma resposta (até interessante) da assessoria de imprensa do candidato, sem citar nomes dos responsáveis pelo marketing (as perguntas eram endereçadas a estas pessoas). 

Detalhe: foi mais fácil conseguir um retorno de Marcelo Branco, coordenador geral da equipe da candidata Dilma Roussef, do que das equipes mineiras. A equipe de Serra, depois de vários emails e telefonemas, não respondeu (mas pro Yahoo! Notícias eles responderam: Soninha Francine era a pessoa a quem eu procurava e a assessoria me negou esta informação).

O resultado completo desta saga com as respostas de cada assessoria, além da análise de profissionais da web mineira você acompanha em uma reportagem que fiz para a edição 17 da Revista PQN a ser publicada em outubro de 2010. 

2 comentários :