ID 360 - 28 e 29 de setembro!

Off Topic: Resposta sobre o embate político na internet mineira

Nenhum comentário
Lembra do post publicado neste blog no dia 27 de agosto, "Off Topic: o embate político na internet mineira"? Segundo o Gabriel Azevedo, citado no post, algumas informações que publiquei não são verdadeiras. Trocamos e-mails durante a semana e ele me esclareceu alguns pontos soltos no meu texto. Segue o esclarecimento feito pelo próprio:

"Caro Marcelo Sander,
Em primeiro lugar, parabéns pelo seu blog. Acompanho as postagens e me interesso muito pelo conteúdo desde que os amigos da 5Clicks indicaram a leitura. Sobre o postado, gostaria de fazer alguns esclarecimentos, pois acredito que algumas coisas não ficaram tão claras.


Além do www.turmadochapeu.com.br, sou proprietário do www.amigosdoanastasia.com.br. Nesse segundo site, publiquei um post com o video-charge (que não é da minha autoria) que você cita. O candidato Hélio Costa, do PMDB, solicitou à Justiça para que o Youtube retirasse o vídeo do ar. Quando ele fez isso, eu publiquei um post onde se lia: “Assista, antes que saia do ar.” Assim, o candidato foi a justiça para que eu tirasse esse post do ar no blog e pediu uma multa de 100.000 reais, além de me acusar de crimes contra a honra. O MP não reconheceu o pedido de multa e retirei o post. Termina esse primeiro episódio.


Em seguida, o Blog do Noblat publicou um vídeo que unia Collor a Costa. O post continua lá. No blog www.amigosdoanastasia.com.br, eu coloquei um link para o Blog do Noblat. Curiosamente, o candidato não processou o Noblat, mas me processou por colocar um link. Assim, retirei o link. E no dia seguinte, através do meu Twitter, avisei ao Noblat que ele poderia ser processado também, uma vez que ele tinha publicado o vídeo. Assim que fiz isso, o candidato pediu a minha prisão pela postagem no Twitter em questão. O Estadão fez uma reportagem a respeito.
FATO IMPORTANTE: não fui autor de nenhum dos vídeos.


A prisão foi pedida, não pelo vídeo-charge, mas por uma postagem para o Blog do Noblat no Twitter. Também achei o vídeo sem graça, todavia expressava uma mensagem política que considerei interessante.


Até então, não havia nenhum site da Juventude do Candidado Helio Costa, que só foi criada há dois dias atrás. Eles sequer haviam se pronunciado. O site foi criado informando que haveria um debate entre juventudes que desconhecíamos. E eles enviaram a notícia para as redações de jornal dizendo que estávamos evitando debater ideias. Vários jornalistas me ligaram e tive de explicar a situação.


A partir desse dia, a Juventude por Minas foi criada. E diversos perfis começaram a utilizar-se de crimes contra a honra dos integrantes da Turma do Chapéu. Basta você verificar. Em nenhum momento usamos do mesmo artifício.


O perfil João Paulo não é representante do PSDB. E isso muda muito a leitura de todo o processo. A JPMDB não marcou o evento propriamente dito. Marcou um encontro para discutir o evento de maneira unilateral. A analogia do futebol tinha o intuito de explicar que regras são importantes e não de dizer que a política é um esporte. A proposta é que o debate ocorra com a presença de estudantes de direito.


O Diretório Acadêmico da Faculdade de Direito Milton Campos organizou para a próxima semana um encontro eleitoral. Os convidados são advogados e juízes da área, alem dos candidatos ao Governo, ao Senado, à Câmara Federal e à Câmara Estadual, e representantes das juventudes partidárias. A data do debate de juventudes é sexta-feira, 03 de setembro de 2010, às 19h. Eu não sei que perguntas serão feitas e tão pouco o formato, e muito menos por qual razão fomos convidados, mas não acho que deveria negar a participação. Creio que eles queiram debater interesses mais próximos como empreendedorismo jovem, oportunidades e demais. Eu sou empresário de web. Sofri muito para abrir uma empresa pela burocracia e partidariamente luto para que esse processo seja diminuído. Sei o que o candidato que defendo pensa a respeito e posso ajudar outras pessoas a conversarem a respeito.


Concordo expressamente com a sua visão de política. A JPSDB participa diretamente da formulação do plano de governo do candidato em reuniões com Cláudio Beato. Em encontros como esse, costumam surgir na plateia e nas conversas boas sugestões para serem assimiladas. Ademais, participamos das decisões de estratégias de campanha e a primeira vez que um candidato encerrou a propaganda de TV e foi para a web debater ao vivo com os internautas aconteceu nos estúdios da Turma do Chapéu por nossa sugestão e iniciativa. Aproximamos o candidato das pessoas para falar de tudo que você citou anteriormente.


A Faculdade de Direito Milton Campos quer ver debates entre jovens. Tanto que nos convidou. É uma prática comum na Europa e nos Estados Unidos. A plateia é formada geralmente de estudantes apartidários. Temos um dialogo constante com o candidato, pelo menos na JPSDB. Insisto, o plano de governo teve inúmeras sugestões em matéria de oportunidades, transporte, saúde, educação e investimento social. Todas as informações que passamos estão numa sintonia com a coligação. A Juventude do PSDB não é nem foi desautorizada pelo candidato.


Respeito sua opinião e agradeço se leu até aqui. Há muitos jovens que querem participar da política e colaborar. Erram, acertam, mas participam, o que é melhor do que manter uma postura passiva ante o quadro atual. Acredito que a política é a grande responsável por uma melhoria na vida das pessoas e vejo muitas ações positivas. Os bons políticos geralmente pagam o preço da generalização.


Um abraço e obrigado pela paciência. Li seu texto até o fim e é sempre bom ver que há quem ainda se interesse por um bom nível político no país."

Nenhum comentário :