ID 360 - 28 e 29 de setembro!

Secretaria de Estado da Saúde lança rede social feita para mães mineiras

Nenhum comentário

Na última quarta-feira (27/2), foi lançado no Expominas um conjunto de iniciativas voltadas para a redução da mortalidade materna e infantil no estado. O secretário de saúde de Minas Gerais, Antônio Jorge de Souza Marques, anunciou durante o 3º Encontro Estadual de Saúde, em Belo Horizonte, o site www.redemaesdeminas.com.br, que conta com uma rede social feita especialmente para as gestantes e mães mineiras.

Além de permitir um contato direto das participantes com médicos, especialistas, gestores da saúde e outras mães, a ferramenta apresenta notícias sobre o universo da maternidade e traz várias facilidades. Basta se cadastrar e navegar. Um exemplo é a régua da gravidez, onde a mulher informa a data da última menstruação e recebe informações em uma linha do tempo sobre as modificações esperadas para o corpo dela e para o bebê.

Há ainda um questionário para medir o humor pós-parto, um teste de conhecimento sobre amamentação e outras funcionalidades, como a caderneta virtual da criança e um calendário de alertas para agendar datas de consultas e outros eventos. A partir das informações fornecidas, o site apresenta gráficos para as mães acompanharem a evolução de peso, pressão arterial, glicemia e movimentos do bebê na barriga.

Por meio dos fóruns de discussão, as mães podem tirar dúvidas sobre assuntos que toda mulher deve saber nessa fase. “Nossa ideia é oferecer um novo canal para promover a conscientização das mães mineiras para o autocuidado, melhorando seu comportamento em saúde”, destaca Mariana Borges, superintendente executiva da Fundação Assis Chateaubriand, parceira do projeto. “Queremos tirar os mitos e inserir conhecimentos de qualidade, que permitam às pessoas perceberem a saúde de uma maneira diferente”, acrescenta o ginecologista e obstetra Ricardo Cabral, colaborador da Rede Mães de Minas.

Benefícios para os gestores da saúde
As prefeituras municipais e seus profissionais de saúde também podem participar da rede social e interagir com as mães de suas cidades. Para os gestores da saúde no estado, uma das principais vantagens da ferramenta é a criação de uma base de dados constantemente atualizada, permitindo a tomada de decisões mais seguras e o desenvolvimento de políticas públicas para esse público-alvo.

Mas o projeto Rede Mães de Minas não se restringe ao site e à rede social. As informações também chegam às mães mineiras a partir da publicação de conteúdo educativo em jornais, portais de internet, revistas e TV, além de folders e informes distribuídos em locais estratégicos. A iniciativa, que visa divulgar boas práticas e orientar mulheres para o autocuidado, é uma parceria da Fundação Assis Chateaubriand com o programa Mães de Minas, da Secretaria de Estado de Saúde, que oferece um canal de atendimento telefônico 24 horas por dia, durante todo o ano. Basta ligar 155.

Site: www.redemaesdeminas.com.br
Facebook: http://www.facebook.com/RedeMaesdeMinas

Fonte

Nenhum comentário :