Patrocínio

Startup de Juiz de Fora será acelerada pelo Google

Nenhum comentário
Projeto prevê investimento de US$ 1 milhão em 15 negócios ao longo de 2016 


A startup Qranio, criadora de um game de educação e entretenimento com o mesmo nome, está investindo em um novo nicho de mercado. Localizada em Juiz de Fora, na Zona da Mata, a empresa, que até início de 2015 atendia o usuário comum com o interesse em testar os conhecimentos em troca de prêmios, agora vai desenvolver projetos de treinamento para empresas. Além disso, a startup foi uma das selecionadas para o Launchpad Accelerator, projeto de aceleração que prevê aporte de US$ 1 milhão dividido entre 15 negócios ao longo de 2016.

O fundador e CEO da Qranio, Samir Iásbeck, explica que o objetivo da startup é tornar o aprendizado mais divertido e foi justamente isso que chamou a atenção das empresas. Ao perceber o engajamento dos usuários nos jogos de conhecimento, os empresários viram a possibilidade de trocar o treinamento tradicional dos funcionários por uma interação mais atrativa e que trouxesse mais resultados tanto para o empregado quanto para a empresa.

O app da Qranio tem a proposta de alinhar aprendizado e diversão. O usuário aprende sobre diferentes temas respondendo um quiz de perguntas e, a cada acerto, ganha moedas virtuais chamadas de QI$, que podem ser trocadas por prêmios como acessórios e descontos em restaurantes. Atualmente, o app tem mais de 988 mil usuários em 117 países. No aplicativo desenvolvido para a empresa, as perguntas são referentes a questões específicas da organização, como regras de trabalho ou conhecimentos sobre a marca.

“No treinamento tradicional, os funcionários normalmente assistem a vídeos e fazem provas, o que não é tão interessante. No aplicativo da Qranio ele adquire conhecimento da empresa de uma forma muito mais divertida e ainda acumula pontos que podem ser trocados dentro do próprio aplicativo com prêmios oferecidos pela empresa ou na plataforma da Qranio”, explica.

O projeto-piloto foi desenvolvido para a rede de fast food Bob’s. Também no ano passado, a startup fechou contrato com o Bradesco e com a empresa de bebidas Brasil Kirin. Só esses contratos resultaram faturamento inicial de R$ 1 milhão para startup, além de um acréscimo R$ 120 mil mensais. De acordo com o fundador, a expectativa é de que em 2016 sejam fechados, pelo menos, mais seis contratos. Segundo ele, o valor inicial do aplicativo personalizado é R$ 250 mil, além de uma mensalidade de R$ 30 mil, em média.

Iásbeck acredita que o novo produto foi uma das principais molas propulsoras da empresa em 2015. No ano passado, a empresa cresceu 47% em relação a 2014. “Quando a gente trabalha com inovação acaba conseguindo fugir da crise. Mas eu não posso dizer que não sofremos impacto: se as condições do País estivessem melhores poderíamos ter fechado ainda mais contratos e crescido mais”, pondera. Para 2016, a expectativa é ainda melhor: crescer 100% em relação a 2015.

Para garantir esse índice a Qranio vai contar com uma ajuda importante este ano: aceleração junto à gigante da internet Google. A startup foi uma das selecionadas para o Launchpad Accelerator, projeto de aceleração que prevê investimento de US$ 1 milhão em 15 negócios ao longo de 2016. O fundador da Qranio afirma que está muito animado com o projeto, pois trará conhecimento para a equipe da startup. “Vamos para Califórnia ficar duas semanas imersos com os melhores engenheiros de produto da Google, o que vai ser essencial para melhorar nosso produto. Nenhum dinheiro compra essa oportunidade, então é muito mais valioso que investimento financeiro”, diz.

Cada startup contemplada receberá aporte de US$ 50 mil e créditos de US$ 100 mil para gastar em produtos do Google ao longo de um ano. Em operação no Brasil, Índia e Indonésia, o Launchpad Accelerator pretende atingir um total de 40 startups em 2016.

 Fonte: Diário do Comércio

Nenhum comentário :