Patrocínio

O que vi na Finit | Campus Party 2016 - Parte 1

Nenhum comentário

Estive na abertura da Feira Internacional de Negócios, Inovação e Tecnologia - FINIT | Campus Party 2016, nesta quarta-feira, 9, no Expominas, em Belo Horizonte. Apesar do pouco tempo em que fiquei no evento, deu pra perceber a dimensão e também a influência que ele terá nas mentes de milhares de crianças e jovens, principalmente. Isso porque, antes de começar realmente a Campus Party, palestras e rodadas de negócios com startups, a parte de cima do Expominas recebeu stands de diversas escolas técnicas, universidades e projetos de Minas Gerais. Além disso, essa parte do evento tem entrada franca e vi diversas excursões de escolas (públicas, principalmente) apresentando aos alunos todo um universo de inovação e desenvolvimento.

Estavam lá stands de alunos do Cotemig, universidades federais mineiras, Uemg, Cefet, Fumec, Puc, Newton Paiva, Sebrae, Fiemg, entre outras, apresentando diversos projetos (veja algumas fotos no final do post). Alunos ávidos por passar seus conhecimentos, trocar experiências e validar seus trabalhos. Um deles é Wallace Bessa, aluno do curso técnico de Informática do Cotemig, que conheci quando já saía do evento. Ele me ofereceu um cartão e perguntou de eu gostaria de conhecer o projeto do seu grupo.

Eles criaram um aplicativo chamado Weegles Energy baseado em arduíno que registra todo o consumo de energia de uma residência ou empresa em tempo real, sendo possível analisar isoladamente cada cômodo (ou departamento de uma empresa) e saber onde está consumindo mais. Também é possível conferir os dados com a conta da Cemig que chega no mês seguinte. "Ele pode ser ligado a vários arduínos, cada um controlando um local específico de uma empresa", conta Wallace. Pelo Facebook, o projeto dá dicas de como economizar energia.

Vi vários outros projetos interessantes, como o protótipo de carro elétrico desenvolvidos por alunos da UFMG, o projeto Litro de Luz, protótipo de um poste de luz autossustentável alimentado por energia solar, criado por alunos da Newton Paiva, robôs dos mais variados tamanhos e formas para os mais variados fins, drones e muito mais. Deu orgulho dessa juventude, viu...

Do lado de dentro do Expominas, vi os preparativos finais para a Campus Party. Acampamento com centenas de barracas do lado esquerdo, no centro mais de 800 estações de trabalho (é só chegar e plugar seus gadgets nas tomadas) e, do lado direito, o espaço para os pitchs e rodadas de negócios das startups. Ao sair, encontrei com o subsecretário de Estado de Ciência e Tecnologia, Leo Dias, um dos responsáveis pela realização da feira. Ele conversou com exclusividade para o blog Mercado Web Minas.

"A ideia é atrair todas as faixas etárias, crianças, jovens, famílias, para estarem mais próximos da tecnologia. Queremos mostrar o que acontece em nosso estado, no Brasil e no mundo", diz o subsecretário. Segundo ele, serão mais de 200 horas de conteúdo, durante os cinco dias de evento, 24 horas por dia. "A maior expectativa é quanto a palestra do Bruce Dickinson, o vocalista do Iron Maiden, que também é empreendedor, é mestre cervejeiro, piloto de avião...", confirma Leo Dias. Essa palestra está marcada para o sábado, 12, às 13h.

A internet do evento possui 6GB de velocidade, suficiente para que todos possam hospedar seus arquivos na nuvem, desenvolver seus aplicativos e jogar online. "Tem também a Arena de Negócios Codemig (o lado direito da Expominas), onde os investidores, empresários de grandes empresas e as startups realizarão negócios. É o 'N' da Finit", ressalta Leo Dias. "A gente conseguiu aqui colocar todos os tipos de público da cadeia da inovação", assegura o subsecretário. "Queremos conjugar na prática o verbo da inovação: conectar", conclui, garantindo que o evento será um marco na história do estado. Ele acredita ainda que mais de dez mil pessoas por dia devam passar pela Expominas até domingo, dia 13, quando termina o evento. Eu mesmo serei uma delas, na sexta e também no sábado, com direito a caravana do Santa Helena Valley (SHV), ecossistema de startups de Sete Lagoas ao qual o blog Mercado Web Minas faz parte. Nos vemos na Finit | Campus Party 2016.

Leia a Parte 2 e a Parte 3.

Credencial na mão, é hora de conhecer os projetos e dar um passeio pela Finit | Campus Party 2016

Projeto Litro de Luz, da Newton Paiva. Um poste de luz movido a energia solar. Basicamente canos, captador de energia e uma garrafa pet.

Esse é o stand da Cabify. Te cuida, Uber!

Esse é o stand do Museu de Morfologia da UFMG. Só eu notei que o modelo tem "coisas sobrando"? rs

MMA de robôs promete atrair um grande público para os duelos. Os robôs dessa rinha são feitos pra "dar porrada".

Protótipo de carro elétrico desenvolvido por alunos da UFMG.

Área do Sebrae Minas para a realização de palestras. Também na área externa da feira com entrada franca.

Há robôs em vários stands.

Projeto Cefast, desenvolvido por alunos do Cefet-MG. Drones!
Do lado esquerdo da Expominas, centenas de barracas padronizadas para os "campuseiros".

Óbvio que também há espaço para os geeks. Há várias referências da cultura pop na Campus Party.

Quando estiver pronto, essa réplica do Homem de Ferro vai fazer alguma coisa...

Mais de 800 estações de trabalho no centro da Expominas. Basta plugar seu gadget e começar!

Arena de Negócios da Codemig, onde investidores e startups se encontram.

Nenhum comentário :