ID 360 - 28 e 29 de setembro!

Inscrições para 4ª rodada do SEED terminam dia 2 de março

Nenhum comentário

Com investimentos da ordem de R$6,063 milhões, o Governo de Minas, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sedectes) e da Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig), está com inscrições abertas para o maior programa público de aceleração de startups do Brasil, até o dia 02 de março. A 4ª Rodada  do SEED – Startups and Entrepreneurship Ecosystem Development – terá início no dia 20 de junho e terminará em 20 de dezembro.

Considerado uma das principais ações do Programa Minas Digital para fomentar o empreendedorismo e desenvolver o ecossistema de startups no estado, o SEED tem por objetivo transformar Minas Gerais no maior polo de empreendedorismo e inovação da América Latina. Para isto, apoia empreendedores, nacionais e estrangeiros, que desenvolvam projetos de negócio de base tecnológica.

Com duração de seis meses, cada rodada acolhe 40 startups, que recebem capital semente livre de participação de até R$ 80 mil. Os participantes também são beneficiados com mentorias personalizadas, formação empreendedora, escritório compartilhado e conexão com o ecossistema global. Em contrapartida, os empreendedores fazem atividades de difusão por todo o estado, realizando workshops, cursos, oficinas para difundir conhecimentos, habilidades e experiências, além de divulgar o programa e disseminar a cultura empreendedora aos mineiros.

E não para por aí. O SEED é considerado a aceleradora que mais oferece benefícios não financeiros (Perks) no Brasil. Atualmente, mais de 50 empresas parceiras oferecem US$ 1 milhão em perks aos participantes. Dentre elas, estão grandes nomes como Microsoft, Amazon, IBM e Google. Com este apoio, os empreendedores têm direito a serviços e acesso a ferramentas de tecnologia, inclusive aqueles que passaram pelo programa nas edições anteriores.

Segundo o secretário da Sedectes, Miguel Corrêa, serão investidos no programa cerca de R$ 1 bilhão no período de dez anos. “Nenhum outro projeto tem um investimento deste tamanho. Por isso, o Seed é uma ação prioritária do Governo de Minas Gerais: para conectar ideias, pessoas e negócios, fomentando o ecossistema”, afirma.
Até o momento, 112 projetos de empreendedores de 21 países distintos foram apoiados pelo Programa desde 2013. Juntas, essas startups faturaram mais de R$ 26 milhões desde o início de suas operações. A edição de 2016 registrou recorde de inscrições com 1.453 projetos cadastrados. Ao todo, 4255 projetos foram encaminhados ao SEED nas últimas três rodadas.

De acordo com o presidente da Fapemig, Prof. Evaldo Vilela, o SEED é um programa de aceleração que contribui para a importante missão de transformar conhecimento e tecnologias geradas nas universidades em produtos e processos para a população. “É um programa muito interessante porque trabalha com jovens, especialmente estudantes da pós-graduação, que são cheios de sonhos e ideias. Atualmente, as escolas não estimulam o protagonismo e o empreendedorismo. Isso é beneficiado na proposta do SEED. O Programa vai ao encontro do que a FAPEMIG defende e acredita, especialmente ao contribuir para que os resultados das pesquisas cheguem à sociedade. A FAPEMIG apoia financeiramente a iniciativa e acredita em seu sucesso.”

Acesse www.seed.mg.gov.br e baixe o edital.


Nenhum comentário :