ID 360 - 28 e 29 de setembro!

Táxi Comunicação apresenta seu case: Campeonato Mundial de Wakeboard Brasil

Nenhum comentário
O CAMPEONATO MUNDIAL DE WAKEBOARD BRASIL é considerado o maior evento do gênero no país e ocupa posição de destaque no cenário internacional, trazendo os melhores wakeboarders do planeta para o Brasil. Mais de quatro mil pessoas participaram dos dois dias de campeonato, que reúne um público altamente qualificado habituado a frequentar eventos esportivos e festas exclusivas em busca de produções diferenciadas e qualidade nos serviços.

Todas as ações online do evento, que aconteceu na Lagoa dos Ingleses, em Nova Lima, entre os dias 14 e 16 de maio de 2010, ficaram a cargo da Taxi Comunicação. "Nesse case tivemos altos e baixos, várias limitações do cliente desde prazo até definições que só poderiam ser tomadas a poucos dias do evento, para não dizer na semana e véspera", disse Henrique Borges, diretor de marketing da Taxi.



Com ações digitais na edição de 2009 praticamente nulas, a Táxi Comunicação viu uma oportunidade rara de partir do zero. Do zero mesmo, inclusive no que tange verba para mídia online paga. Como em apenas 13 dias de campanha conseguir engajar pessoas, sobretudo sem investimento em mídia? Indo de Taxi!

Durante o planejamento das ações várias possibilidades foram discutidas, como a transmissão ao vivo do campeonato pelo site, a possibilidade do público interagir via twitter durante o próprio evento dando notas e comentando as manobras realizadas pelos atletas, todas vetadas pelo cliente devido ao curto tempo, mas viáveis para a próxima edição.

A ideia era montar um site totalmente integrado com a web 2.0, promovendo interatividade e sobretudo colaborativismo. "Tínhamos que ter o cuidado com a questão chave de divulgar sem massificar o evento à pedido do cliente".

A partir disso foram definidas as redes sociais (Twitter, Facebook, Orkut, Flickr, Delicious e Formspring.me e YouTube) e definidos os objetivos de cada uma delas, tendo como premissa não trabalhar com perfis falsos, sempre centralizando nos canais oficiais do evento. "Para afirmar o quão selecionado é o evento, liberamos o upload de fotos e convidamos as pessoas a mandarem fotos das edições passadas do Wake, com isso tivemos o dobro de fotos no álbum", afirmou Borges. Flicker, Delicious, Youtube e Orkut entraram como canais suplementares do evento, assim como o blog, tudo isso para atingir relevância sobretudo nos resultados de busca do Google.



Orkut
Mas se a intenção era “não massificar” o evento, porquê o Orkut? "Queríamos despertar o desejo nas pessoas. Queríamos que elas tomassem conhecimento do evento e - mesmo que não fossem - comentassem com os amigos. Para isso criamos uma comunidade e utilizamos a ferramenta promova do canal", esclarece o diretor de marketing da agência.

Porém, o uso da ferramenta promova foi praticamente ineficaz. Por quê? Henrique lembra que até o dia 03 de maio não havia sido registrado nenhum acesso vindo do Orkut. A partir daí, a Taxi adicionou 50 pessoas ao perfil que, até então, era utilizado apenas para gerenciar a comunidade. A expectativa era de que adicionando pessoas o perfil apareceria nas timelines, criando um artifício de divulgação um-para-muitos. Com isso, outros usuários adicionaram o perfil do Mundial de Wake, gerando crescimento no volume de acessos ao site oriundos do Orkut. "Ao final da campanha o canal foi o que registrou mais visitantes únicos ao site representando 7,89% do tráfego total", comemora Borges.

Google
Há 17 dias do evento, o site do campeonato não aparecia em nenhum dos resultados orgânicos do Google na primeira página. Na busca por “Mundial de Wake” a url www.raggawake.com aparecia na oitava página e na sexta posição. Durante o evento este mesmo endereço ficou na primeira posição nos resultados orgânicos. Outras 17 palavras-chaves também tiveram resultados altamente positivos figurando nas primeiras colocações do Google.

Twitter
A hastag #mundialdewake foi utilizada 2.756 vezes, 1562 pessoas deram @mundialdewake para se relacionar com o canal ou citar o evento dentro de um comentário. Ainda foram mapeados 713 re-tweets, incluindo grandes marcas do esporte e banda de renome internacional. O cantal contou ainda com sorteio de camisas do evento.

Nenhum comentário :