terça-feira, 5 de outubro de 2010

Evento - Interactivos? ‘10 BH - ‘Baixa Tecnologia de Ponta’

Foram prorrogadas até hoje (05 de outubro) as inscrições para o projeto Interactivos? ‘10 BH - ‘Baixa Tecnologia de Ponta’. Serão selecionadas até 8 propostas - locais, nacionais e internacionais -, de qualquer área, que desenvolvam e apliquem de forma criativa recursos tecnológicos simples e acessíveis em projetos artísticos e educativos. O evento acontece em Belo Horizonte, entre 21 de novembro e 8 de dezembro de 2010.

Às propostas selecionadas serão disponibilizados o material e a infraestrutura necessária para seu desenvolvimento. Os proponentes que não residam em Belo Horizonte, terão ainda passagem e hospedagem custeada pelo evento para participar das duas semanas de desenvolvimento dos projetos, para até um representante da proposta. As equipes de desenvolvimento serão formadas por colaboradores voluntários, inscritos através de outra convocatória internacional, em uma metodologia aberta e interdisciplinar de trocas e compartilhamentos.

As atividades terão a orientação dos instrutores Fernando Rabelo (Brasil), Kiko Mayorga (Peru) e Arturo Castro (Espanha) - artistas e educadores com atuação internacionalmente reconhecida, vinculada a importantes projetos em desenvolvimento neste campo.

O evento Interactivos? ‘10 BH - Baixa Tecnologia de Ponta realizará ainda um seminário, com a participação dos instrutores e colaboradores convidados, como forma de apresentar e discutir diferentes leituras sobre o tema proposto. Ao final do laboratório de desenvolvimento, os resultados alcançados serão ainda expostos por um período de uma semana, possibilitando seu acesso ao público interessado.

Idealizado pelo laboratório espanhol Medialab-Prado, o modelo dos eventos Interactivos? vem sendo replicado em diversas localidades do mundo desde 2006, formando uma plataforma em rede de iniciativas voltadas para este campo. Em sua primeira edição no Brasil, o Interactivos? ‘10 BH traz à capital mineira um encontro internacional voltado para o fomento a práticas colaborativas de experimentação e pesquisa já realizado em cidades como Madri, Nova York, Cidade do México e Lima. Trata-se de uma grande oportunidade para trocas e intercâmbios da comunidade local de artistas e desenvolvedores com a comunidade internacional formada neste campo.

O evento é realizado em Belo Horizonte através de uma parceria entre o Marginalia+Lab e o projeto Ocupar Espaços, integrando o programa cultural Vivo Arte.Mov, com patrocínio da Vivo através da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais. O evento conta ainda com a colaboração do Medialab-Prado, de Madri, e do Centro Cultural da Espanha em São Paulo.

Instrutores:
Arturo Castro (Espanha) estudou engenharia informática em Bilbao. Há alguns anos colabora em projetos criativos com software. Um de seus maiores interesses é a filosofia do código livre pelo câmbio social que ela sugere e em especial a aplicação destas ferramenta e metodologias no terreno criativo. Arturo é responsável pela versão Linux e Android do openFrameworks
(openframeworks.cc) - uma das mais importantes plataformas de programação em código aberto para artistas e educadores - ecolabora com Zach Lieberman e Theo Watson no desenvolvimento da ferramenta.

Kiko Mayorga (Peru) é engenheiro eletrônico, aprendiz da arte e pesquisador em cultura e tecnologia. Diretor de pesquisae desenvolvimento da associação Alta Tecnología Andina (ata.org.pe) e co-fundador do espaço/projeto Escuelab.org, laboratório-escola situado no centro de Lima. Participou na elaboração de vários protótipos midiáticos experimentais, individual e coletivamente, apresentados em diversos eventos, tais como  ISEA2002 (Nagóia, Japão), WWVF2004 (Amsterdam,Holanda), VAE2006 (Lima, Peru), entre outros. Desde 2006, coordena oficinas de criação e reciclagem nos campos da eletrônica, programação e meios audiovisuais. Atualmente seu interesse se centra na busca e no desenvolvimento de mecanismos emergentes de transformação social, que partem de áreas limite do encontro entre tecnologia e sociedade.

Fernando Rabelo (Brasil) é Mestre em Arte e Tecnologia da Imagem pela UFMG. Em 2003, sua a animação interativa “Insônia”,
recebeu menção especial do Festival du Film de l´Internet, na França. Em 2005, expôs a instalação “Contato QWERTY” no FILE 2005, explorando interfaces eletrônicas precárias. Participou do Interactivos? 2006 em parceria com o artista RafaelMarchetti, tendo as ruas de Madri como matéria-prima criaram o projeto Des:echo, duas instalações interativas que utilizavam sucatas tecnológicas descartadas nas caçambas dos bairros. Em 2007 e 2008 foi um dos coordenadores do Projeto Ocupar Espaços, em que ministrou oficinas de criação em arte e tecnologia para pontos de cultura. Apresentou seus trabalhos em eventos no Brasil, Holanda e Chile e, em 2009, foi premiado no 8º Prêmio Sérgio Motta de Arte e Tecnologia.

Colaborador convidado: Eduardo Imasaka (Argentina)

Informações:
Site: interactivos.marginalialab.com
Email: interactivos@marginalialab.com
Twitter: @marginalia_lab
Facebook: marginalia lab
Telefone: +55 31 2514 0856

Apresentação: vivo arte.mov
Realização: marginalia project, ocupar espaços e 88 produções
Colaboração: medialab-prado e centro cultural da espanha - são saulo
Patrocínio: vivo
Projeto executado por meio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura

Nenhum comentário:

Seguidores